A novela do concurso público da Prefeitura de João Pessoa permanece sem um desfecho. Em entrevista nesta terça-feira (12), o prefeito Cícero Lucena (Progressistas) disse que o certame precisará passar por uma reavaliação na quantidade de vagas. Segundo o gestor, haverá um replanejamento para saber a necessidade de servidores que a gestão precisa.

O posicionamento do gestor segue alinhado com o cenário de calamidade pública gerada pela pandemia de covid-19, em que a Lei Complementar 173 proíbe a realização de concursos até o final de 2021. O impasse se dá, uma vez que houve um acordo por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público para a realização do certame.

“Nós estamos discutindo para replanejar essa questão do concurso. Estamos realizando uma série de ações, desenvolvendo várias atividades, ampliando serviços, abrindo as Upas. Nós temos que redimensionar o quadro de funcionários que precisamos e aí sim poderemos fazer o concurso para aquele número que realmente será necessário”, avaliou.

O concurso público oferece 601 vagas que abrangem os níveis médio, técnico e superior, com salários iniciais que variam entre R$ 1.306,48 a R$ 6.412,30. Isso sem contar os possíveis benefícios e gratificações. De acordo com o edital, as provas acontecem em 28 de fevereiro, com prova de títulos no dia 19 de março. O resultado final está previsto para sair no dia 7 de abril de 2021.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: REDAÇÃO + clickpb