Motivo do protesto, é devido a morte de homem de 40 anos, que ocorreu após ser espancado na porta de um supermercado Carrefour, em Porto Alegre (RS)

 

O movimentos negros de João Pessoa realizam protesto, na noite desta sexta-feira (20), em frente ao Carrefour dos Bancários. O protesto teve inicio às 17h00 e continuam em andamento.

O motivo do protesto, é devido a morte de homem de 40 anos, identificado como João Alberto Silveira Freitas, que ocorreu após ser espancado na porta de um supermercado Carrefour, em Porto Alegre (RS). O crime aconteceu nessa quinta-feira (19), véspera do Dia Nacional da Consciência Negra.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, uma das manifestantes pede justiça pela morte dos negros.

“Já estamos cansados de ver o nossos corpos tombados naturalizados”, uma menifestante.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: REDAÇÃO + paraiaja