A advogada Myriam Pires Benevides Gadelha aceitou o convite do seu partido para disputar o cargo de vice-prefeita visando às eleições deste ano pelas oposições em Sousa.

Filha de Salomão e Aline Gadelha (falecidos), ex-prefeito e ex-secretária de Saúde, a também ativista feminina deverá usar as redes sociais ainda hoje para comunicar a decisão.

A pretensão inicial de Myriam era de se candidatar a prefeita, até que no último dia 9 o PSC optou pelo nome de Leonardo de Melo Gadelha, de 45 anos.

Filho do ex-deputado e ex-senador Marcondes Gadelha, Leonardo (E) é mestre em gestão pública pela UnB e servidor público efetivo, tendo já exercido os cargos de vice-prefeito de Sousa, deputado estadual e federal, secretário estadual de infraestrutura e presidente nacional do INSS.

Anteriormente ao “sim” de Myriam, o grupo havia tentando diálogo com os médicos José Célio de Figueiredo e Guilherme Carvalho, prefeito e vice respectivamente. Ainda foram cogitados para vice, os nomes de Valderedo Alves, do IFPB, e Júnior da Pesca, ambos do distrito de São Gonçalo.

A coordenação da campanha ficará a cargo do ex-prefeito André Gadelha (D).

A convenção do PSC e outros partidos aliados será realizada nesta terça-feira (15) de forma semipresencial na Casa de Eventos Tok Top com transmissão pelas redes sociais. Na ocasião serão homologados os nomes dos pré-candidatos a prefeito, vice e vereador.

Gadelha deverá enfrentar a chapa formada pelo atual prefeito Fábio Tyrone (Cidadania) e pelo atual vice-prefeito Zenildo Oliveira (PTB). Outros nomes da oposição também estão em pré-campanha. São eles: Esdras Nascimento, Valdeci Filho e Marcelo Elias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: REDAÇÃO + blogdolevi