Pré-candidato a Prefeito de Cajazeiras pelo PSB, o empresário Marcos Campos (D) diz que, eleito, vai reduzir o número de Secretarias Municipais e acabar o ‘apadrinhamento’ político como forma de pagar os salários dos servidores dentro do mês trabalhado.

A afirmação foi feita em entrevista prestada neste domingo (28) ao programa TREM DAS ONZE, com produção e apresentação de Fernando Caldeira (E).

Apesar de afirmar que está decidido a reduzir o número de Secretarias Municipais, caso eleito, o pré-candidato socialista não soube dizer ao certo o número atual de pastas na gestão cajazeirense, nem quais seriam as extintas.

“Vamos reunir a equipe que trabalhará conosco, quando eleito, para então definir como se dará essa redução e quais as Secretarias serão extintas e/ou fundidas”, relevou Campos.

Ele também destacou que não admitirá apadrinhamento político na sua gestão, embora admitindo indicações políticas de seus aliados, desde que as pessoas indicadas tenham formação específica para os cargos.

Marcos Campos elogiou as obras e conquistas da administração Zé Aldemir nestes quatro anos, mas disse que conseguirá fazer mais por Cajazeiras, “que precisa voltar a sorrir”, disse.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: REDAÇÃO