O Prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, está sendo alvo de críticas por parte de fisioterapeutas, enfermeiros, biomédicos, farmacêuticos, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório e atendentes dos serviços de saúde da capital.

É que todos esses profissionais foram esquecidos pelo prefeito que editou medida provisória instituindo gratificação temporária nos vencimentos dos médicos que atendem aos pacientes do coronavírus. “Não somos contra essa gratificação aos médicos, em absoluto, mas nós também merecemos reconhecimento”, lembram.

Em nota enviada à reportagem, esses profissionais da saúde esquecidos pelo prefeito lembram que ” as unidades de saúde não funcionam apenas com médicos trabalhando.”

NOTA

“Prezado prefeito Luciano Cartaxo, gostaríamos de parabenizá-lo pelo justo aumento concedido aos médicos nesse momento delicado de PANDEMIA. Sim, PANdemia…com prefixo PAN, do grego [todos/tudo].

Médicos são importantíssimos no enfrentamento desse momento e merecem sim o aumento. Mas o que dizer dos enfermeiros, que diariamente se expõem MUITO MAIS que médicos ao risco de se infectarem? Que dizer dos técnicos, que mantém contato direto com os enfermos, coletam amostras biológicas (sangue, urina, etc)? Que dizer dos farmacêuticos e biomédicos, que manipulam todas essas amostras biológicas desses pacientes, que realizam todas as análises laboratoriais para que o médico tenha um exame de qualidade em mãos e tome a melhor conduta?

Todos os profissionais de saúde tiveram aumento na demanda de serviço. Todos estamos expostos ao risco de infecção, não apenas médicos! Conceder aumento apenas para uma categoria, nesse momento, não é só injusto, é um verdadeiro escárnio com os outros profissionais de saúde.

Esperamos, de todo coração, que esse aumento, ainda que temporário, também se concretize para outros profissionais de saúde; do contrário, o Sr estará reconhecendo empenho, aumento de demanda e de risco apenas para profissionais médicos.

Lembre-se, Sr prefeito, que as unidades de saúde não funcionam apenas com médicos trabalhando.”

 

 

Para conhecer toda a MP, clique

http://www.joaopessoa.pb.gov.br/portal/wp-content/uploads/2020/05/2020_Ed_Especial_27-05-1.pdf

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: REDAÇÃO