STF – Meus respeitos e solidariedade aos Ministros que compõem o Supremo Tribunal Federal. Primeiro pelo trabalho em favor da defesa da Constituição Brasileira e, portanto, da democracia. Segundo pelas agressões sofridas por neofascistas que não suportam o regime do respeito às leis.

STF 1 – Fiz minha obrigação como cidadão e enviei à suprema corte a seguinte manifestação: “Srs. MInistros, minhas saudações à colenda corte. Permitam-me aqui, como cidadão, expressar meus parabéns ao Ministro Alexandre de Moraes. Não é possível que vejamos, passíveis, o fascismo ser implantado no nosso Brasil! Desta forma, como brasileiro, democrata e amante das liberdades insculpidas em nossa Carta Magna, parabenizo a corte, notadamente o Ministro Alexandre de Moraes, pelas providências em defesa do Brasil. VIVA O BRASIL, VIVA A DEMOCRACIA, VIVA O STF!”

STF 2 – Se você preza a democracia e quer vê-la defendida, escreva para o STF e deixe seu apoio a essa luta: http://portal.stf.jus.br/centraldocidadao/enviarDadoPessoal.asp

NÃO FAÇO E NÃO DEIXO FAZER – Dois vereadores da oposição em Cajazeiras, Léa Silva e Moacir Menezes, não sei se instruídos por terceiros, mas é provável que sim, inviabilizaram projeto da Prefeitura Municipal de prestar um auxílio financeiro emergencial aos ambulantes da cidade. Como? Sem nenhum estudo e sem apontar receita para tal, ambos colocaram emendas aditivas ao projeto original, ampliando o alcance dos beneficiários. Com isso, e com colegas acovardados que votaram e aprovaram “jogando para a platéia”, a Prefeitura não tem dinheiro suficiente para cobrir os encargos do projeto.

NÃO FAÇO E NÃO DEIXO FAZER 1 – Assim, os prejudicados são os ambulantes que receberiam mas não mais receberão o tal auxílio emergencial da Prefeitura de Cajazeiras. Essa é a verdadeira oposição do “não faço e não deixo fazer!” LAMENTÁVEL !!!

 

PEC 19 – Proposta de Emenda Constitucional subscrita por 27 Senadores que adiar as eleições municipais vindouras com prorrogação de 2 anos dos mandatos dos atuais prefeitos e vereadores e eleições gerais em 2022. Pandemia, custos altos, economia em baixa, entre outros, são as justificativas. Tem lógica!

PEC 19.1 – A propósito desse assunto, o vereador Alysson Voz e Violão fez publicar em suas redes sociais argumentos que sustentam a necessidade de adiamento até 2022 das eleições municipais: “unificando as eleições o custo será de uma eleição e não duas a cada dois anos”, sustenta o edil.

ARAS – O Procurador Geral da República, Augusto Aras, foi contra o pedido de apreensão do celular do Presidente Jair Bolsonaro. Mas o representante máximo do “parquet” não se postou contra a apreensão do celular do Governador do RJ, Wilson Witzel. Porque 2 pesos e 2 medidas?

URGE MUDANÇA – É simples de entender. Manoel dos Anzóis quer ser Procurador Geral da República (PGR), função que poderá exercer por dois mandatos consecutivos. Para tanto, indicação, nomeação e renomeação, precisa da chancela do Presidente da República. Pergunta: quando é que Manoel dos Anzóis vai ter disposição e coragem, caso ascenda ao cargo, de processar o Presidente da República, o que é uma de suas obrigações, quando de eventuais cometimento de crimes por parte do chefe da nação? NUNCA!

URGE MUDANÇA – São 513 Deputados Federais e 81 Senadores e ninguém ainda propôs mudança nisso? Essa é uma das muitas excrescências de nosso ordenamento jurídico que precisa ter fim.

FAKE NEWS – Impressiona como um Presidente da República pode se postar contra investigações à Fake News! Ensina o adágio popular: “quem disso cuida, disso usa!”

INQUÉRITOS – Nas 2ª. e 3ª. Promotorias de Justiça de Cajazeiras correm procedimentos investigatórios sobre possíveis irregularidades no cadastro e aprovação dos loteamentos aprovados entre os anos de 2012 e 2016. Os fatos investigados, se comprovados, podem incluir a então prefeita Denise Oliveira, nas punições previstas na Lei de Improbidade Administrativa e torná-la inelegível.

DOMINGO NOS VEMOS NO TREM DAS ONZE!

 

 

  • Fernando Caldeira