Em sua conta no Twitter, Santos Cruz postou nesta 2ª feira (24.fev.2020) que o Exército é uma “instituição de Estado” e confundi-lo com assuntos temporários de governo é “usar de má fé, mentir e enganar a população”.

O movimento, organizado por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, começou a se formar depois que o general Augusto Heleno (Gabinete Segurança Institucional) reclamou que Congresso fazia “chantagem” para o Planalto liberar mais verbas do Orçamento para destinação pelo Legislativo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: poder360 + REDAÇÃO