Preso no âmbito da Operação Calvário em fevereiro de 2019, o ex-assessor da Secretária de Estado da Administração, Leandro Nunes, homem ligado diretamente a ex-titular da pasta, Livânia Farias, disse em delação premiada que fez o repasse de R$ 300 mil ao então deputado estadual, hoje federal, Gervásio Maia (PSB), em 2018.

Em depoimento filmado, que foi divulgado pelo Sistema Arapuan de Comunicação, Leandro Nunes revela que procurou Gervársio Maia a pedido de Livânia Farias. Ele também cita o repasse de R$ 50 mil ao deputado estadual Branco Mendes (PODE), e valores, que não se recorda, a Antonio Mineral (PSB) e Genival Maias (Avante).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: wscom + REDAÇÃO