Foi concluída no início da noite deste segunda-feira (9) a reunião da executiva nacional do PSB, em Brasília. Na ocasião, os dirigentes discutiram o futuro do partido na Paraíba, após a dissolução do diretório estadual, no dia 16 de agosto, motivada pela renúncia de 51% dos componentes da instância.

O presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, disse a que a decisão unânime foi de “privilegiar as duas maiores lideranças do partido no Estado”. Para tanto, Ricardo Coutinho será nomeado presidente da comissão provisória da sigla tendo João Azevedo como vice. Veneziano Vital do Rego será o secretário geral e Márcia Lucena, a 1ª secretária. Fábio Maia, Valquíria Alencar e Edvaldo Rosas ainda compõem a provisória paraibana.

Resta saber, agora, se o Governador João Azevedo vai aceitar essa definição proposta pelo presidente nacional da legenda, Calos Siqueira.

Até porque, ausente do encontro em Brasília, o Governador paraibano enviou um e-mail à direção nacional e, segundo se comenta, nele defendendo a volta de Edvaldo Rosas para o comando do partido na Paraíba.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: parlamentopb + REDAÇÃO